O mundo, ou o fim dele

               E então? Como é que fica essa história? O mundo vai ou não acabar? Muitos já previram, muitos já falharam, agora a mais falada do momento sem dúvida alguma é a profecia Maia. Quem não está sabendo dessa com certeza não lê jornais, livros, acessa o Facebook ou lê as piadinhas do Twitter.

               A profecia Maia não é bem uma profecia. O pessoal lá das antiguidades apenas fez um calendário, porém não havia como terminá-lo. Eles, com muito esforço e ajustes de ferramentas do Word conseguiram encurtar o espaçamento entre as linhas e lá couberam milhares de anos, porém o ano de 2012 não estava finalizado. Faltava espaço e eles não tinham muita grana para fazer outra impressão com apenas alguns poucos dias. Por fim, decidiram deixá-lo como estava. O seu calendário terminara em vinte e um de dezembro.
               Muitos, muitos, muitos anos se passaram e muitas profecias vieram, o povo acreditava em todas, mas estão acreditando ainda mais fortemente nesta. É como se eles torcessem para que o mundo acabasse logo, assim não precisariam mais pensar em dívidas, impostos, contas de luz, água, internet, etc…
               Sabem em que eu acredito? Bem, com certeza não é nessa ideia maluca e escrota. O mundo só vai acabar daqui algum tempo, quando o povo que mora aqui terminar de cortar o resto das árvores, poluir o pouco O2 restante, contaminar o restinho das águas, etc., etc., etc. Tenho certeza de que os deuses não deixarão isso impune. Outrora a Terra já foi bem cuidada, mas isso faz muito tempo…
               Vamos mesmo deixar o mundo morrer sem fazer nada a respeito?
Lucas Zanella
Aluno do IF Farroupilha Campus Santo Augusto

Lucas Zanella

No blog posto geralmente textos de opinião assim como também histórias curtas. Aqui você encontrará fantasia, terror e ficção científica. Talvez até mesmo algum drama ocasional.

Comente a postagem! :)