O Natal e o “espírito natalino”

O Natal está cada vez mais próximo e, na verdade, também o meu aniversário, que será dois dias antes do natal. Sim, é como se eu fosse um quase Jesus. Ah, droga, como apaga? Vai dar mimimi.
*apagar comentário que vai dar mimimi*

Acho que deu certo.

Como eu dizia, essa data tão especial que é o Natal está chegando a uma velocidade equivalente a V = 25m/s, à uma distância de 2013m, considerando a gravidade imposta no trenó do Papai Noel como g = 12m/s². Determine:

a) a chegada do Papai Noel no planeta Terra.

b) o propósito de fazer tudo isso pra uma piada de merda.

Acho que perdi completamente a noção da razão, mas creio que o objetivo inicial da postagem era falar sobre o tal do “espírito natalino”, que nada mais é do que o espírito que vai no [nome do troço onde vai gasolina num carro], afinal de contas, no Natal, as pessoas só pensam em comprar os presentes para os parentes. Aliás, parem de comprar presentes, deem dinheiro de presente de Natal, aniversário, Páscoa, Ano Novo, dia das crianças, hanukkah, entre outros, pois assim a pessoa pode comprar ela mesma o presente que quiser, ou então economizar o dinheiro.

Mas o que esse tal de espírito natalino poderia ser?
Creio eu que isso poderia muito bem ser aquela sensação de “ajudar o próximo” que ninguém tem.
Me diga, meu jovem, em um Natal da sua vida, você já foi até um abrigo de sem-tetos ajudá-los, ou então deu um pouco da sua ceia natalina para aquele garoto que fica lá na rua porque não tem pra onde ir?

Exatamente. Natal, aquele dia em que todos falam que deveríamos ser gratos pelo que temos, mas que ninguém faz nada para ajudar o próximo, para dar a ele algo para ser grato por.
Por que você não faz isso no dia 25, enquanto todos ainda estiverem saindo do sofá para ir até a mesa, huh? Por que também não guarda o resto do espírito natalino para fazer isso no ano novo, e também em outros dias do ano?

Esse texto é meramente motivacional, todo e qualquer comentário contendo a frase: “então por que você não faz isso você, hein?” será ignorado pelo autor.

Imagem: http://riogirl9909.deviantart.com/art/A-TRUE-BLOOD-CHRISTMAS-271634213


Lucas Zanella

No blog posto geralmente textos de opinião assim como também histórias curtas. Aqui você encontrará fantasia, terror e ficção científica. Talvez até mesmo algum drama ocasional.

One Comment

  1. Vejo aqui um próximo William Shakespeare ou algo parecido. Parabéns, Lucas! Ultimamente tenho acompanhado os seus textos e fico cada vez mais surpreso e fascinado ao lê-los. Você vai longe, hein, garoto. O seu texto me contagiou. Então, como já é natal, quando precisar estou aqui para qualquer coisa, brincadeira, sempre estarei aqui para qualquer coisa. Ah, até que as suas piadinhas começaram a fazer falta nessas férias. (risos) Abraços, escritor Dr. Lucas.

Comente a postagem! :)